Queremos contar os bastidores da Passagem de som do Mundial de 2018. Em 2017 foi o primeiro ano que a passagem de som, aconteceu em um dia separado da competição.

Chegamos no Apollo Live as 11h e começamos a nos acomodar esperando os últimos acertos técnicos da produção. Frio na barriga, lugar novo, competidores novos, mas com o mesmo vislumbre de pisar pela 1° vez aonde seria o local de muitas emoções durante os dias que iriam vir.

Os nossos brasileiros foram os 2° a realizar a passagem de som, depois do Pedro Matias (Angola), e em poucos minutos os nossos campeões precisaram conhecer o palco e a sua estrutura diferente, sentir o som e ajustar pequenos detalhes técnicos.

Quando Eduardo Torres cantou “The Circle of Life”, a galera que estava presente foi à loucura. Começou forte e inesperado, causando uma boa impressão. Carol Naemi cantou logo em seguida “Titanium” e apesar de jovem, possui uma voz forte e muito bem trabalhada, ao sair do palco ambos foram cumprimentados por outros participantes.

Esse é o espirito KWC, é uma competição? Sim, mas estamos aqui, ali, lá… para curtir o evento e trocar #experiênciasKWC .  

Esse ano, que tal vivermos novas experiências juntos? #VemproKWC 2019

News

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

68 − 62 =